O que é VemDoLixo?

Nós representamos o interesse da sociedade
pelo desenvolvimento sustentavel.

Visão Geral

O projeto VemDoLixo foi criado para revolucionar o descarte de resíduos sólidos.

Com a promulgação da Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS) em 2010, todos nós nos tornamos responsáveis pela correta destinação dos resíduos que produzimos. Isso fez aumentar o interesse no assunto e fomentar iniciativas dentro do tema voltadas a redução da geração, a reciclagem de materiais e a economia circular.

O VemDoLixo visa unificar informações sobre os múltiplos atores que fazem parte da cadeia dos resíduos. VemDoLixo pretende fornecer informações sobre as entidades que estão legalizadas para realizar a destinação, como local, tipos de resíduo que trabalha e preços praticados. Desta maneira acreditamos que podemos contribuir para que nenhum resíduo deixe de ser destinado corretamente por falta de informação.

Ideais

Ser a plataforma que consolida o maior volume de informações sobre empresas, entidades, ONGs e cooperativas que participam no descarte de resíduos sólidos, de maneira que tais informações sejam dispostas à toda sociedade, de forma simples, prática e acessível.

Origem

O VemDoLixo surgiu com seus fundadores vendo o descarte incorreto de lixo eletrônico ao redor de nossas residências, e movidos pelo pensamento de que se não podemos fazer a diferença ao nosso redor, não podemos reclamar de como está o mundo.

Com a indignação do descarte incorreto e a necessidade de promover o empoderamento social, trabalhando para que as cooperativas e catadores de recicláveis ganhem visibilidade, reconhecimento e recursos financeiros, surgiu o VemDoLixo.

O Futuro

Para onde vamos caminhar.

1. Valor no lixo

  • Possibilitar que os resíduos tenham maior possibilidade de negociação.
  • Aumentar a rentabilidade dos envolvidos com o processamento do lixo.

2. Network

  • Reduzir o numero de atravessadores aumentando o network entre os atores da cadeia de reciclagem

3. Generalizar

  • Expandir a plataforma para abraçar cada vez mais tipos de resíduos e entidades que podem recebê-los.

4. Mapear

  • mapear os atores por região para que a sociedade cívil tenha acesso a essas informações de maneira rápida e precisa.

5. Alternativas

  • identificar possíveis resíduos que não tenham capacidade de reinserção dentro da cadeia produtiva e propor alternativas.

Quem nos apoia

Estão falando de nós

Nós não estamos sozinhos nessa emporeitada. Algumas instituições estão ajudando financeiramente e na divulgação do projeto. Nós pouco seríamos sem esse suporte.

Ajude a divulgar

Entre em contato

Entre em contato