Dia Mundial Sem Carro – 22 de Setembro

Será que precisamos realmente de um carro em todas as horas do dia? É claro que não. A vida hoje nas cidades já permite que milhares de pessoas se locomovam com meio de transporte alternativos quando comparamos à 20 anos atrás. Para que esta mudança continue ocorrendo, é comemorado desde 1997, no dia 22 de setembro, o Dia Mundial Sem Carro.

De acordo com estimativas, se toda a população de São Paulo aderisse, seriam mais de 700 toneladas de poluentes que deixariam de ser emitidos para a atmosfera. Esta exposição que temos a tais poluentes posse ser uma das razões para uma série de doenças pulmonares e da pele, fatores que quase nunca são levados em conta quando escolhemos qual tipo de modal usar.

Alternativas ao uso do carro

Quando pensamos em evitar o uso do dos automóveis, as principais alternativas são o uso do transporte coletivo, como ônibus, trem e metrô, e o uso de meios de locomoção como bicicletas. Tais opções se apresentam como mais sustentáveis, pela menor quantidade de combustíveis fósseis queimados, e também mais econômicos, quando comparados ao preço pago pelo uso do carro.

Faixa de pedestre em primeiro plano com bicicleta ao fundo com carro ao lado parado no semáforo.

É claro que também há pontos negativos de tais modais, como por exemplo a falta de infraestrutura para o uso das bicicletas, e a dificuldade de flexibilidade no trajeto de metrôs e ônibus. Ainda assim, com a recente invenção de aplicativos que auxiliam a saber a posição em que o ônibus está e qual o melhor caminho a ser percorrido de bicicleta, estes problemas tem sido atenuados.

No Dia Mundial Sem Carro, vale lembrar que na cidade de São Paulo é possível inclusive transportar a bicicleta dentro do metrô. Os horários porém são determinados para horários com menor fluxo de passageiros. De segunda à quinta à partir das 20h30, aos sábados após as 14h, e aos domingos e feridos durante todo o funcionamento dos trens, das 4h40 à meia-noite.

Dia mundial sem carro – e o Futuro do automóvel?

Atualmente já existem protótipos de carros movidos à energia elétrica. Ainda com potência e autonomia baixos e custo alto, tais veículos ainda não apresentam uma opção viável para a maioria dos brasileiros, principalmente pelos custos de importação. De qualquer forma, podemos esperar um desenvolvimento interessante nesta área para as próximas décadas.

O funcionamento de tais carros é semelhante ao funcionamento de um celular ou de um notebook. Ao invés de um tanque de combustível há uma bateria que é carregada quando conectada à rede elétrica. Em alguns países já há postos de gasolina com cabos para carregar o cabos também.

Dia Mundial Sem Carro. Carro elétrico sendo carregado com cabo ligado. O carro está em uma rua ao lado de uma calçado e há alguns prédios ao fundo.

Fonte: http://planetasustentavel.abril.com.br/

Augusto Bardivia

Engenheiro Ambiental e fundador do Vemdolixo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *